Dicas para fazer uma boa medição de obras


A medição de obra é um ciclo que se inicia a partir do momento da assinatura do contrato e é concluído na última medição.


Dica 01: Estude e defina os critérios de medição que definirão os quantitativos e valores a serem pagos para os serviços de uma obra. Verifique se estarão inclusos, ou não, materiais, mão de obra e equipamentos.


Dica 02: Estudo e defina os critérios de aceitação dos serviços. Quando um serviço é aceito, de acordo com os critérios acordados, ambas as partes entendem que a qualidade é satisfatória e que os quantitativos medidos estão acordados entre as partes.


Dica 03: Acompanhe a evolução da obra, controlando a execução de cada etapa dos serviços e garantindo que não ocorram desvios em relação ao que foi programado. Ou seja, assegure que a medição da obra esteja de acordo com o cronograma físico-financeiro do projeto.


Dica 04: Caso, durante a medição, sejam identificados desvios nos critérios de medição ou aceitação, sinalize imediatamente e proponha correção. Para que a causa do problema seja eliminada, é importante identificar, prevenir e corrigir os problemas encontrados.


Dica 05: Determine o valor medido e que deverá ser pago, de acordo com os critérios de medição e outros termos contratuais.


Alguns contratos trabalham com caução ou retenções técnicas. Essa prática corresponde a retenção de um valor percentual, estabelecido em contrato, sobre o valor medido mensalmente. Ao término do contrato a retenção é devolvida à contratada, com a correção monetária.

O objetivo da retenção é proteger o contratante de possíveis demandas trabalhistas ou custos com o retrabalho que a contratada o exponha.

Em contratos que trabalham com essa prática, a última medição pode ser a liberação do valor de retenção técnica, após o período de carência previsto em contrato.


Dica 06: Reúna todos os documentos referentes à medição, que facilitem a prestação de contas e a tomada de decisão no processo de construção.


Dica 07: Liste e quantifique todos os serviços necessários para a execução da obra. Depois associe cada um deles ao critério de medição escolhido. Para facilitar, utilize como base a sua planilha orçamentária de obra com a composição dos custos.

0 visualização
  • Facebook Reflexão
  • Instagram Reflexão
  • Reflexão YouTube
  • LinkedIn Reflexão