Lean Construction

As construtoras que pretendem apresentar soluções com evolução tecnológica precisam organizar, controlar e padronizar seus processos. É nesse cenário que entra a Lean Construction (Construção Enxuta), modelo baseado na perfeição produtiva da industria automobilística.



Atualmente as melhores empresas da construção estão automatizando (ou já automatizaram) os seus processos. Diversos subtipos de metodologias integram a filosofia Lean e podem ser usados na construção civil, é o caso de ferramentas como 5W2H, Scrum e o Kanban.


Esses processos são muito úteis em um canteiro e contam com incríveis habilidades para, por exemplo, ajudar a calcular limites de datas, já estimando possíveis atrasos, para evitar descumprimento de prazos mesmo com imprevistos.


Modelo 5W2H


O processo 5W2H vem do inglês e trata-se de um check list sobre todas as ações que ocorrerem dentro de uma construção/projeto. A ideia é escolher procedimentos que garantam a eficiência e reduzam os erros. A sigla faz referência às 07 (sete) perguntas que devem ser respondidas para a manutenção da ordem dentro do canteiro de obras. São elas:


What - O que será feito?

Why - Por que será feito?

Where - Onde será feito?

When - Quando será feito?

Who - Por quem será feito?

How - Como será feito?

How Much - Quanto vai custar?


Modelo Scrum


No Scrum o plano de ação é repartido em ciclos chamados sprints, que são intervalos de tempo para que determinado conjunto de atividades seja executado.

Nesse processo, diariamente são feitas reuniões conhecidas como daily scrum. Nelas, é repassado aos partners um balanço do que aconteceu no dia anterior.

Esses dados são levados em consideração para elaborar o cronograma de serviços do dia.


Modelo Kanban


O processo Kanban é a distribuição de cards, que representam os fluxos de processos. É possível associar uma cor para as tarefas a serem executadas, outra para as que estão em andamento, uma terceira cor para as finalizadas e assim por diante. Desse modo é mais simples e seguro controlar as atividades de uma edificação e fazer um planejamento mais inteligente.




Todos esses processos, embora clássicos e de de eficiências comprovadas, precisam ser alimentados e compilados, geralmente em planilhas. Isso acaba tomando tempo dos

gestores para a coleta de dados. Também atrapalha a rotina dos subordinados, que têm de parar suas atividades para efetuar os cálculos e fazer as análises.

Atualmente há softwares de gestão de obra que dão o controle necessário aos serviços em andamento além de diversas informações sobre o trabalho, através do dashboard de maneira rápida e simples.


O método Lean é uma filosofia, uma mentalidade, de modo que só tem eficiência mediante o fomento de uma cultura organizacional.

O primeiro passo é assumir o compromisso com esse método e, para isso, será necessário contar com um líder que tenha empatia junto aos colaboradores. Afinal, esse gestor precisará engajar todos nessa busca incessante pela perfeição.


É preciso, ainda, aprimorar as estratégias de comando e usar os relatórios para definir as tarefas prioritárias. Assim, consegue-se eliminar processos dispensáveis e fazer compras com exatidão, o que resultará em queda no desperdício de materiais, de tempo e de mão de obra.


Segue abaixo algumas dicas:


  • Definir uma cultura organizacional;

  • Estabelecer os líderes para gerenciar o estímulo a essa cultura organizacional;

  • Use dados e relatórios para definir as prioridades;

  • Gerencie e reduza os desperdícios;

  • Controle gastos com mão de obra e insumos;

  • Remova os processos dispensáveis;

  • Faça autoinspeção periodicamente;

  • Fiscalize os tempos de execução dos ciclos das tarefas;

  • Programe-se para as variáveis (riscos);

  • Procure por fornecedores que atendam pelo método Lean;

  • Divida a construção em fluxos para facilitar o mapeamento e a visualização de todas as etapas do processo.


Um dos pré-requisitos para implementação do sistema Lean Construction é a sincronia entre os grupos de trabalho. É importante adotar um intervalo de tempo, takt time, para realização de ações que compõem um grupo de trabalho. Ao adotar o takt time em uma edificação, existem diversos ganhos como a eliminação de atividades que não agregam valor. Quanto mais complexa for uma obra e mais rápido ela terminar, mais numerosas serão as variáveis que poderão atrasá-la.


Com a ajuda de softwares qualificados, é viável implantar o Lean de um jeito bastante prático e com assistência técnica. Em um único dashboard, tudo é controlado de forma rápida, com interação entre as partes e acompanhamento dos fluxos.

0 visualização
  • Facebook Reflexão
  • Instagram Reflexão
  • Reflexão YouTube
  • LinkedIn Reflexão